Jesus é maior do que Abraão.


Abraão creu em Deus, e isso lhe foi creditado como justiça.
ROMANOS 4.3 NVI
Certo dia, estando Jesus no pátio do templo, os judeus  fizeram-lhe a curiosa pergunta: “Você é maior do que o nosso pai Abraão? Ele morreu bem como os profetas. Quem você pensa que é?”. Quando Jesus começou a responder, eles fizeram outra pergunta: “Você ainda não tem cinqüenta anos, e viu Abraão?”. A resposta de Jesus foi tranqüila e concisa: “Eu lhes afirmo que, antes de Abraão nascer, Eu Sou!”. Nesse momento, os mesmos judeus “pegaram pedras para atirar em Jesus, mas ele se escondeu (“se ocultou”, em outras versões) e saiu do pátio do templo” (Jo 8-53-58 NTLH).
Abraão viveu cerca de 2 mil anos antes de Cristo, mas é muito mais novo do que ele, porque no mais longínquo princípio Jesus era e estava com Deus (Jo1. 1). Abraão é muito importe: é o primeiro patriarca, o pai de muitas nações, um dos heróis da fé, o pai dos que crêem aquele que abandonou tudo para atender ao chamado de Deus, que creu contra toda esperança (Rm4. 18) e que estava “a ponto de sacrificar o seu único filho” na certeza que Deus o ressuscitaria (Hb 11-17-19). Porém, Jesus é incomparavelmente maior do que Abraão em tudo.
Eu não quero diminuir a importância e a glória de JESUS.
Pense nisso!
A paz
 Nele que é a nossa inspiração Cristo Jesus.
 Rodrigo Souza.

40 Anos de Greenpeace!

HOje essa organização completa 40 anos de MUITAS lutas , perseguições e de conquistas também!

Greenpeace – é uma organização não-governamental com sede em Amsterdã, nos Países Baixos, e escritórios espalhados por 42 países.

Criada em 1971 no Canadá por imigrantes americanos, tem atualmente cerca de três milhões de colaboradores em todo o mundo – quarenta mil no Brasil (Greenpeace Brasil) – que doam quantias mensais que variam de acordo com o país. Entre os primeiros ativistas que ajudaram a fundar a organização na década de 1970 havia pessoas com estilo de vida hippie e membros de comunidades quakers americanas, que migraram para o Canadá por não concordarem com a guerra do Vietnã.

As campanhas procuram confrontar e constranger os que promovem agressões ao meio ambiente. Dessa forma o grupo conseguiu textos e ações do Greenpeace que procuram atrair a atenção da mídia para assuntos urgentes e conquistou ao longo de sua história algumas importantes vitórias como o fim dos testes nucleares no Alasca e no Oceano Pacífico, o fechamento de um centro de testes nucleares americano, a proibição da importação de pele de morsa pela União Europeia, a maratona à caça de baleias e a proteção da Antártida contra a mineração. No Brasil, o Greenpeace conseguiu vitórias principalmente na Amazônia, denunciando a extração ilegal de madeira da região.
Imagem de 1977 mostra o barco Rainbow Warrior após um protesto contra a caça de baleias

 A instituição teve uma trajetória turbulenta, mas manteve seu sentido de independência, valendo-se apenas de doações pessoais no lugar de aportes governamentais e do financiamento de empresas. Os milhares de protestos realizados pelo mundo, que muitas vezes terminam em prisão, são a marca do movimento;
A instituição mantém, ainda, vigilância sobre a exploração do urânio na cidade baiana de Caetité, tendo veiculado o vazamento do minério e a contaminação da água no município por diversas ocasiões,[11] tendo inclusive levado água caetiteense contaminada por vazamento de urânio até ministros do governo Lula, como Carlos Minc, sem que medidas concretas de proteção tenham sido adotadas.

Amor sem motivo


Nisto consiste o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou e enviou seu filho como propiciação pelos nossos pecados.
I João 4.10
O amor de Deus é um exercício de sua bondade para com os pecadores. Como tal, amor tem a natureza da graça e da misericórdia. Ele é uma bondade, não apenas imerecida mas, de fato, oposta a qualquer merecimento, porque o objeto do amor de Deus são criaturas racionais que quebraram a lei divina, cuja natureza está corrompida aos olhos de Deus e que merecem apenas a condenação e o banimento final de sua presença.
É impressionante que Deus ame os pecadores, contudo esta é a verdade.
Deus ama as criaturas que se tornaram não-amadas (ou então  não-amáveis). Não havia absolutamente nada nesse objeto do amor de Deus que o atraísse. O amor entre duas pessoas é despertado por alguma coisa encontrada no amado, mas o amor de Deus é voluntário, espontâneo, não provocado, não causado. Deus ama as pessoas porque ele escolheu amá-las, como Charles Wesley disse, “ele nos amou, porque queria amar” – e não há nenhuma razão para que Deus nos ame a não ser por sua própria soberana e boa vontade.
 Pense Nisso!
 A paz
Nele que é a nossa inspiração Cristo Jesus.
Rodrigo Souza 

O Bode expiatório


Talvez você já usou essa expressão quando se sente levando uma culpa que não é sua, mas de outra pessoa. Mas afinal, você sabe o significado desta frase?
Lá em levíticos 16 vemos que quando chegava o dia da expiação, 2 bodes eram separados e levados ao lugar de sacrifício. No templo os sacerdotes sorteavam um dos bodes para ser queimado como holocausto no altar de sacrifício. O segundo bode seria o bode expiatório. O sacerdote colocava a mão sobre a cabeça do bode e confessava os pecados do povo de Israel.
Aquele bode era deixado no deserto, ao relento levando consigo o pecado de toda aquela gente para ser reclamado pelo anjo caído Azael.
Em sentido figurado, um “bode expiatório” é alguém que é escolhido arbitrariamente para levar (sozinho) a culpa de uma calamidade, crime ou qualquer evento negativo (que geralmente não tenha cometido).
Te lembrou alguém?
Jesus.
Podemos dizer sem sombra de duvida que Jesus foi o bode expiatório que teve colocado sobre seus ombros todos os nossos pecados e os levou para bem longe!
Lembre-se sempre de que Ele foi humilhado, maltratado e injustiçado por mim e por você, e não há nada que passemos neste mundo que seja pior do que Ele passou por nós.