Encontro de amigos.

Não importa como vocês se conheceram…

O sintoma da amizade é identificado quando percebemos a presença agradável de alguém específico.



A amizade uma vez instalada permanece, cria raiz, cresce e frutifica; o tempo não destrói a distancia não apaga.


Construir uma amizade é tarefa difícil porque exige doação. Ser amigo é saber compreender, é aceitar, é dispor de tempo em favor do amigo sem que haja cobrança.




A fisionomia do amigo fica impressa em nossa mente, a forma física pouco importa porque vemos o amigo como desenhamos.




A amizade alimenta a vida, assegura a quem desfruta da certeza, a mão amiga, o braço forte, o colo quente.




A quem oferece a amizade reservado está a agradável sensação de ser com o outro tão somente pelo bem que o amigo nos faz.


Esse encontro nos permite que façamos uma análise sobre a nossa disponibilidade para viver a amizade, sentimento que perpetua no tempo que nos convida a sairmos de nós para perceber o outro.